14 de nov de 2010

Poesia de Domingo

Sempre

Se eu não te disse nunca que te amava,
 perdoa-me, mulher, sou inocente;
 eu vivia de amar-te unicamente, 
unicamente em teu amor pensava.

Se os meus lábios calavam-se, falava 
o meu olhar apaixonadamente,
 porque, se o lábio oculta o que a alma sente, 
conta o olhar o que o lábio não contava.

Meu rosto triste, meu cismar constante,
 meu gesto, meu sorrir, tudo exalava,
 tudo exprimia um coração amante.

Em tudo o meu amor se denunciava, 
via-te em toda a parte e a todo o instante,
 se estavas longe, se contigo estava.

Guimarães Passos



Beijão! E ótimo domingo e um feriado melhor ainda. 

2 Opiniões:

inclosed disse...

adorei a imagem.
Desculpo sim pela ausência, só se você me desculpar tbm.. haha
beeijo flor!

Ká Moraes disse...

Inclosed: Obrigada! Desculpo sim, flor, mas não suma hein. rs BeijoO!

Related Posts with Thumbnails
 
A Piece of Me. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino