28 de mai de 2010

Findi


Boa tarde, Blog. Hoje estou passando apenas para desejar um fim de semana às queridas blogueiras e blogueiros. Fiquem com Deus. Beijos.

27 de mai de 2010

Suck!²

Oi. E aí? Novidades? Pois é, nem eu. Está tudo na mesmíssima. Nada de interessante, só o trabalho de sempre, as coisas e pessoas de sempre. Detalhe que hoje fui passear na hora do almoço com uma amiga, paramos em uma alfaiataria pra perguntar o preço de uma calça feminina sob medida, chutem o valor mínimo com o tecido mais simples. Não, é mais que isso, pode apostar. Só R$280,00!! Uma ninharia, quase um crime ser tããão barata. ¬¬
Se houvesse mais maneiras de os comerciantes enfiarem a faca nos consumidores, eles já teriam descoberto. Vamos almoçar no restaurante e está lá, TRÊS REAIS uma latinha de refrigerante de 300ml, sendo que na Americanas é R$2,60 uma garrafa de 600ml. É o cúmulo do absurdo. O cidadão está lá, gastando VR pra almoçar e tem que se deparar com preços abusivos. Hoje decidi só falar bobeira mesmo, estou sem assunto e resolvi contar essas cositas que aconteceram hoje. Aff, cansei, to indo embora pra casa, fazer mais uma viagem exaustiva. Boa tarde pra vocês, beijos!

26 de mai de 2010

Soltando o verbo!

Hoje vim pra falar de sexo! =O Ohhh!!! Sim, de sexo, de pudor, de "brinquedinhos" e afins. Acho completamente infeliz aquele que diz que falar de sexo é vulgar. Há os inúteis infantis que não sabem conversar sobre isso sem que se torne uma conversa pornográfica e desagradável, mas enfim, vamos falar com as pessoas que sabem dialogar. 
Acredito no bate-papo aberto, em que podemos conversar de tudo um pouco sem que haja constrangimentos, ou piadinhas de mau gosto. Resolvi falar de sexo pois sei que é um tema muito importante e no entanto pouco discutido. Você ainda é virgem? Não... Sim... Talvez... Pois é, já começamos com a timidez, o medo de ser rejeitado pela sociedade por ter vinte e tantos anos e ainda não ter praticado o ato sexual. Isso é realmente importante pra alguém além de você? Realmente me decepciona esse tipo de atitude. Ninguém é obrigado a transar se isso ainda não for de coração, ou ao menos de decisão. Mas chega um camarada e diz que resolveu casar virgem. Pronto! Virou motivo de chacota porque os nossos queridos amigos "modernos" não tem capacidade em aceitar diferenças. 
Eu me casei virgem! E não tenho vergonha nenhuma em dizer isso. Me casei aos dezenove anos e VIRGEM! Claro que isso frustrou alguns ex-namorados, mas nunca me importei. rs. 
Hoje sou casada, e digo que uma mulher deve ser lady na rua e bitch dentro de quatro paredes. Não se deve ter pudor com o maridão. Se ele quiser alguma coisa e você se sentir constrangida em fazer, possivelmente ele vai procurar outra que faça (não que você seja obrigada a fazer tudo, também não é assim), é sempre bom manter o relacionamento aceso, ter novidades pra não cair na rotina. 
Quem ai gosta de Sex Shop levanta a mão. o/  hauhau Eu sou adepta, frequento mesmo, sem preconceitos. Eu gosto de inovar no meu casamento, nada de marasmo. Sou uma pessoa discreta, não preciso ser espalhafatosa para falar de sexo com outras pessoas ou para comprar artigos eróticos. É mais gostoso conversar com amigas, pois rola uma cumplicidade, mas não me importo em conversar com vocês sobre isso. 
Vamos falar dos brinquedinhos? É cada coisa que a gente nem imagina né?! Fui outro dia à uma SS e fiquei estupefata com um artigo da loja, era algo assim, que não tenho como explicar. rsrs Já levei amigas, pois como disse, não me importo que me vejam entrando em uma loja dessas, levei amigas que queriam conhecer e tinham vergonha de entrar. Ficaram tímidas no primeiro momento, mas conforme os minutos passavam elas ficavam mais à vontade. Há os óleos quentes, frios, calcinhas comestíveis, fantasias, lingeries super sensuais, chicotinhos, algemas e "n" outras coisas. Ah, tem as comidinhas exóticas também, com temperos afrodisíacos. Não tenham vergonha de ser feliz. =)
Claro que, se tratando de sexo, não podemos esquecer de falar de prevenção. Cuide-se! Valorize sua vida. Há tantos meios, camisinhas masculinas e femininas, DIU, pílulas anticoncepcionais, injeção contraceptiva, entre outros. Pense sempre que não adianta só prevenir-se de gravidez, tem que se conscientizar das DST'S (doenças sexualmente transmissíveis). Você transa hoje com seu parceiro, confia nele e ele não foi leal o bastante para te contar que tinha AIDS, gonorréia, sífilis, etc. Confie somente em si mesma, e seja direta, diga que sem camisinha não, e ele terá que aceitar. Tenha sempre na sua bolsa se acha que vai rolar, para que ele não diga que "esqueceu". Seja mais segura de si e ouse!

Tenha prazer com segurança! É isso aí, é tudo por hoje. 


Beijoooos!

24 de mai de 2010

M&M


Segue uma foto da minha nova sobrinha: Mirela. 


E meu sobrinho tchuco não menos importante: Matheus.


Amo vocês, pimpolhos da tia!
S2

Dekap Color


Oi girls. Conforme prometi láá no comecinho do blog, hoje trouxe as fotos da transformação Dekap Color no meu cabelo. Espero que gostem. 



Vermelhos Especiais - Cereja da Koleston



Meu cabelo estava natural quando pintei dessa cor. Fiquei um bom tempo com ela, e resolvi voltar ao tom natural, porém não queria fazer decapagem pois iria destruir meu cabelo que é fino. Então resolvi tingir por cima do vermelho com:

Loiro Escuro - Aveia Garnier Nutrisse


Até que não ficou tão ruim, porém cobriu muito pouco o vermelho, e logo desbotaria, então, curiosa como sou descobri um produto que dizia retirar a tintura sem danificar o cabelo natural, e sem ao menos descolori-lo, seria então o:


Dekap Color - Yamá


Essa é a primeira aplicação. Na embalagem diz que se você está com cores vibrantes (vermelho) ou cores escuras (preto), é necessário um número maior de aplicações, e no caso, eu fiz quatro. Segue a segunda aplicação:


Já sentiu a diferença, né? Então vai vendo as próximas. Terceira aplicação:


Tá, a de cima parece mais clara, mas é a luz do cômodo que é diferente. rs... Segue a quarta e última aplicação

Pois é, quem diria que depois de um cereja, meu cabelo ficaria dessa cor? Quase loiro? Ah, esqueci de dizer, eu estava com o vermelho cereja da Koleston, e depois fiz essa balayage (ao lado)  em cima do vermelho. A raiz começou a crescer e passei o vermelho cereja de novo, pra depois começar esse processo desde ai de cima, quando passei o Aveia e o Dekap Color. Bom, é só uma observação pra vocês entenderem o porque de ficar tão claro depois do produto. Segue então a tintura que passei depois do Dekap Color. 




Loiro Escuro - Aveia Garnier Nutrisse



Detalhe que a foto ficou meio torta porque eu mesma que tirei. rs.
Espero que tenham gostado do procedimento, não é tão caro, paguei R$50,00 em uma caixinha que deu para as quatro aplicações no meu cabelo, sendo que uma decapagem seria bem mais cara e mais danosa. É fácil de fazer, você aplica como tintura em casa mesmo, e a única recomendação é colocar à um centímetro da raiz, mas é feito com pincel normal. 





Essa é a caixinha do produto:







Eis ai uma boa dica para quem gosta de colorir os cabelos e enjoa fácil deles. Vive mudando e mudando. Espero que tenha ajudado em alguma coisa, e que meu cabelo sirva de exemplo de que o produto funciona e não danifica (vocês podem ver o brilho do meu cabelo), basta umas hidratações com cremes em casa mesmo, algumas vitaminas e fica tudo certo. 


Beijomeliga!

18 de mai de 2010

Lei de Murphy ²


Continuando com a maré de azar...
Quinta eu já estava azarada, lembram? Pois bem, saí do serviço, peguei a condução, e claro, meu marido me liga e diz que o carro não pega nem a pau. Fodeu! Beleza, fui de bus o resto do caminho, muito frio. O carro não queria pegar, e eu tinha exames para fazer na sexta de manhã. ¬¬
Dito e feito! O carro não funcionou, e lá vamos nós cedissimo pegar ônibus com neblina para o laboratório. Ok, até que demos um pouco de sorte de encontrarmos meu sogro e ele nos levou até lá (acho que essa sorte foi por causa do meu marido, senão teria até chovido granizo por termos que pegar condução). Chegamos lá, não estava muito cheio, fiz os exames, e saí. Fui na sogra e passei um tempo por lá. Ligamos para o mecânico que não podia nos socorrer porque não podia sair da oficina pois estava sozinho (detalhe que o nosso carro não sai do lugar, então teriamos que levar o mecanico em casa), e melhor ainda é que o cidadão não trabalha no sábado, nem de manhã!! Pronto, zica de novo. Meu sogro nos levou para minha consulta de tarde, demorou, e pra ajudar, o médico me pede mais um monte de exames, e não consegui marcar minhas outras consultas.
Fui pra casa descansar um pouco, afinal não sou de ferro né. Estamos lá assistindo um filminho, e meu celular toca. Minha irmã está passando mal, parece que vai ganhar o bebê prematuramente. Ôoo sorte! Quando foi 23 horas e pouco, meu celular toca de novo: Nasceu! De 8 meses e meio, mas linda pesando 2.960kg, pequenina de cabelos lisos e negros, simplesmente PERFEITA! E eu sem carro para poder visitar minha irmã e conhecer minha nova sobrinha. Chorei, de raiva, de frustração, de me sentir incapacitada. Sábado tinha que trocar a saída de maternidade que dei pra minha irmã e manchou a roupa (mais essa, manchou e a nenem nasceu e a saida de maternidade não estava lá pra ela - ódio), tivemos que ir a pé, afinal o carro não funciona. Resolvemos o que tinhamos para resolver. Voltamos pra casa, e claro, lavar roupa, fazer limpeza na casa, etc. Fui pra igreja, meu marido pediu o carro do meu sogro emprestado. Fomos pra Jacareí de noite no sábado mesmo. Pra manter a má sorte, pegamos uma MEGA neblina, que desde que me casei e vamos pra lá de vez em quando, nunca pegamos. Mas claro que teriamos que pegar pra completar o fim de semana. 
Chegamos lá, meu sobrinho grudou e não queria soltar mais, estava chatinho e sentindo falta da mãe. Domingo estavamos saindo para almoçar na minha avó, quando de repente, eu estou na calçada esperando meu marido manobrar o carro, e ele passou em cima de um saquinho (desses de lanche) de mostarda, explodiu tudo em MIM! Puta que pariu! Que maré. Fomos almoçar pra irmos ao hospital. Chegamos lá (terceiro dia de visita) o balconista diz que temos que fazer um tal de cartão verde para visitar, aff, conseguimos. Quando a vi, ainnnn fiquei deslumbrada, é simplesmente LINDA. Assim que eu tiver tempo de passar minhas fotos pro pc, eu trago pra vocês verem. Ficamos umas 3 horas por lá, e esperamos minha irmã ter alta com a bebê. Paparicamos ela um tempão, tomamos um coffe básico e viemos para Sampa de novo. 
Ah, peguei a maldita gripe que disse quinta-feira. Estou tossindo feito louca, dor no corpo, ardência nos olhos, e sem respirar. Era tudo o que me faltava. Meu carro continua sem funcionar, pois não temos tempo de levá-lo no mecânico durante a semana, e o cara não trabalha de sábado, como já disse ai em cima. Bom, vamos levando né. Desgraça pouca é bobagem, mas tenho fé que essa zica toda vai passar. rs

Até qualquer hora, amores. Beijos.

13 de mai de 2010

Lei de Murphy

Ô maré ruim! Sai zica! Se pudesse descrever como estou me sentindo diria que como "um sapato branco em dia de chuva". Maldita Lei de Murphy! Ninguém merece tanta coisa desagradável em apenas três dias. Sabe quando você acorda já com sono e preguiça de ir trabalhar? Pois é, eu estava assim anteontem, e cheguei atrasada no serviço, o dia foi corrido e rotineiro, e no fim do dia meu marido diz que não vai me buscar no terminal pois vai fazer uma aula experimental de boxe, blz. Frio pakas! Ontem, saí mais cedo de casa, para evitar o atraso do dia anterior, aí adivinhem, claro que com minha maré de "sorte" começando, o ônibus parou no meio do caminho, o pneu estava murcho e o motorista decidiu não continuar por receio de furar o maldito. OK! Algo mais? Siiim, claro que sim, como disse, minha maré estava só começando. Cheguei na empresa com 15 minutos de atraso e me deparo com quem na recepção conversando com a outra recepcionista? Isso mesmo, minha CHEFE! Tomanocú! A merda já tinha sido feita mesmo, nem me desculpei, afinal vão descontar do meu salário eu me desculpando ou não, então prefiro o meu orgulho. Ela se foi, e pedi pra outra recepcionista esperar um pouco para eu ir ao toillet rapidinho, quando saio de lá, com quem me deparo? Vocês estão achando que é humor negro, né? Mas não é, é FATO! Me deparo com minha chefe DE NOVO! Ai a gente ja sabe o que significa aqueeele olhar. ¬¬ Logo vem um e me estressa porque não sabe assumir responsabilidade por seus atos e precisa culpar a recepcionista por sua incompetência. OK! Foda-se! Ódio mortal do imbecil desqualificado. Vou pra casa, finalmente pegar a querida (e lotada) condução. Quando chego ao local onde ligo pro meu marido para que ele vá até o terminal, mando um me liga (me liga é aquela mensagem de quem não tem crédito e manda para que a pessoa te retorne), e nada, nada de eu receber a mensagem de confirmação, mandei um total de 8 mensagens eu acho. E nada! Eu sem crédito, ele sem crédito, e o ônibus seguindo seu curso. Liguei na Vivo e peguei 5 reais de créditos emprestados, até ai o ônibus já tinha passado um bom pedaço, ele atende e vai me buscar. Chego no terminal e fico DEZ minutos esperando ele com um vento cortante na cara imaginando a gripe lascada que viria por causa do tempo. 


Beijos, e que vocês tenham um dia muito melhor que o meu.

12 de mai de 2010

Comigo mesma.


Vento gelado uivando lá fora, eu aqui, digitando meus pensamentos para você, blog querido, e para vocês seguidoras fofas. Dizem que quando começamos a falar sozinhos, estamos à beira da loucura, e você? Concorda com isso? Eu não. Acredito naquela veeelha frase que dizia "estou cá conversando com meus botões". É realista! Sempre precisamos de alguém para conversar, para rir ou para chorar. Precisamos de alguém que nos segure a mão, que nos abrace com carinho, que nos dê uma bronca quando necessário, que nos dê o ombro à chorar, que esteja conosco em todos os momentos. E quando não temos esse alguém, nos deparamos com nosso interior, com nossos muitos pensamentos.
Solidão é algo terrível de sentir. Já me senti só. Me sentia perdida no mundo, sem ter com quem conversar ou com quem me distrair. Senti saudades, saudades de casa, da família, de coisas tão banais para alguns, mas que tinham o valor de ouro pra mim. Dias nublados e sem graça eram os meus. Me sentia como uma gota de água doce no oceano imenso e gélido. Cercada por multidões de pessoas, mas mesmo assim, sem conseguir se misturar. 
Não conseguia me reerguer, formar amizades, voltar a ser eu mesma. Consegui! Lutei. Lutei com garra, com unhas e dentes, e me levantei. Segui em frente, fui forte e valente, superei meus obstáculos e consegui rir para a vida novamente.
Arrumei empregos, fiz amizades, algumas colegas, no entanto, acredito já ter conquistado amizades verdadeiras, e aonde menos se pode esperar. No ambiente de trabalho. Adquiri amigas, verdadeiras e sinceras, daquelas que não passam a mão na sua cabeça somente para que você se sinta na razão, são aquelas que vão te apoiar quando você precisar, e que mesmo que você esteja distante, vão se comunicar. Conquistei essas amizades em pouco tempo, mas já aprecio demais esse convívio. São pessoas lindas, por dentro e por fora. Mulheres de fibra. Obrigada por entrarem na minha vida e por permitirem que eu entrasse na de vocês. 
Conquistei uma amiga guerreira, que luta pela vida e pela felicidade como nunca vi, não se importa com nada, não se abate por comentários maldosos dirigidos à sua vida. Tem dois filhos, um da qual eu sou "madrinha". Sinto nela uma criança, natural e despreocupada. Uma grande amiga! Obrigada por ser assim.
Não posso deixar de citar minha cu querida. Uma mulher com jeito de menina, sempre está ao meu lado, nos melhores e nos piores momentos. Ela é aquela que pinta meu cabelo, rs, que me diz que estou linda, mesmo quando estou me sentindo um léxo, que me apóia, que me dá palavras de conforto quando preciso, ela está lá para dizer o que é necessário, ou até mesmo para ficar em silêncio apenas para que eu saiba que ela está ali para o que der e vier, é ela que sempre acha tudo que eu compro maravilhoso e que compra minhas coisas da Avon, rsrs, sabe dar broncas como ninguém, não te ilude e é sincera, é uma irmã mais nova, muito querida e amada, que mora no meu coração. Uma verdadeira amiga. Te amo cu, obrigada por existir.
Acredito em um bom momento sozinha, mas não de solidão. É bom ter um tempo para se cuidar, um tempo para refletir, mas não tempo demais. Tempo demais sozinho(a)  vira solidão e não é bom. Falo por experiência própria. 
Sinto-me mais leve por conversar comigo mesma, e com vocês leitoras do meu humilde blog. 


Obrigada por comparecerem de vez em quando! Beijo grande. s2

10 de mai de 2010

Hurt


Eu quase choro quando ouço essa música. Eu amo!


Hurt
Cristina Aguilera

Seems like it was yesterday when I saw your face
You told me how proud you were, but I walked away
If only I knew what I know today, ooh ooh
I would hold you in my arms
I would take the pain away
Thank you for all you've done
Forgive all your mistakes
There's nothing I wouldn't do
To hear your voice again
Sometimes I wanna call you
But I know you won't be there
Ooh, I'm sorry for blaming you
For everything I just couldn't do
And I've hurt myself by hurting you
Some days I feel broke inside, but I wouldn't admit
Sometimes I just wanna hide, cuz it's you I miss
And it's so hard to say goodbye when comes to this, ooh yeah
Would you tell me I was wrong?
Would you help me understand?
Are you looking down upon me?
Are you proud of who I am?
There's nothing I wouldn't do
To have just one more chance
To look into your eyes
And see you are looking back
Ooh, I'm sorry for blaming you
For everything I just couldn't do
And I've hurt myself, ooh ooh
If I had just one more day
I would tell you how much that I missed you since you went away
Ooh ooh, It's dangerous
It's so out of line to try and turn back time
I'm sorry for blaming you
For everything I just couldn't do
And I've hurt myself... By hurting you

 ______________________


Machuca
Cristina Aguilera (Tradução)

Parece que foi ontem que vi seu rosto
Você me disse o quanto estava orgulhoso, mas eu fui embora
Se apenas eu soubesse o que sei hoje
Eu te seguraria em meus braços
Eu afastaria toda a dor
Agradeceria por tudo que você fez
Perdoaria todos os teus erros
Não há nada que eu não faria
Para ouvir sua voz de novo
As vezes eu quero te ligar
Mas eu sei que você não estará lá
Ohh, me desculpe por te culpar
Por tudo que eu não consegui fazer
E eu feri a mim mesmo ao ferir você
Alguns dias eu me sinto destruída por dentro, mas não vou admitir
Às vezes, eu apenas quero esconder, porque é de você que eu sinto falta
E é tão difícil dizer adeus quando chega a hora
Você me diria que eu estava errada?
Você me ajudaria a compreender?
Você está me olhando dai de cima?
Você está orgulhoso de quem eu sou?
Não há nada que eu não faria
Para ter apenas mais uma chance
De olhar em seus olhos
E ver você olhar de volta
Ohh, me desculpe por te culpar
Por tudo que eu não consegui fazer
E eu feri a mim mesmo
Se eu tivesse apenas mais um dia
Eu lhe diria o quanto sinto sua falta desde que você se foi,
Ooh-ooh é perigoso
É tão difícil tentar e voltar no tempo
Ohh, me desculpe por te culpar
Por tudo que eu não consegui fazer
E eu feri a mim mesmo por ferir você




Weekend!

Hi, pessoas. Happy Mother's Day (atrasado) rs ..  (<= mamãe e eu ao lado)
Sexta-feira foi um dia MEGA corrido aqui no serviço, putz, mas em compensação, fui para Jacarei. Sábado fui com minha irmã comprar o restante das coisitas da neném, a noite tive o aniversário da minha prima, e no fim da festa, não é que meu carro resolve pifar. ¬¬ Enfim, pegou, fomos pra casa, aii domingão, almoço na vovó de Dia das Mães, e o carro pifa de novo, afeeee.. Conseguimos fazer pegar só pra vir embora no fim do dia, a noite fomos comer pizza na sogra de Dia das Mães também, rs, e voltamos exaustos pra casa e enfim, cá estou eu hoje trabalhando de novo. Um frio de lascar, garoa fina (aquelas que nos deixam gripados), e preguiça mortal do fim de semana. Mais tarde posto algo mais interessante. 


Beijiinhos.

6 de mai de 2010

Ansious


Ansiedade! Não sei porque razão esse senhor sentimento existe. Existe apenas para que as pessoas se sintam agoniadas, nervosas e tensas sem razões aparentes. Não gosto da ansiedade. Ela me faz mal, me faz comer chocolates, me faz tirar o esmalte nos dentes, me faz mexer nos cabelos insistentemente, me faz brigar por qualquer motivo banal.
Quem nunca sofreu com ela? Se disser que nunca sentiu ela, está mentindo. Sofrer por antecipação! É esse o sinônimo para ansiedade. Sofre porque o affair não ligou no dia seguinte, sofre porque a viagem pode não acontecer, sofre porque pensa estar com a menstruação atrasada, sofre por achar que nada vai dar certo, êê pessimismo, vida dura a de quem sofre por ansiedade. Posso afirmar que não é uma coisa boa. Eu sou ansiosa. MEGA ansiosa. rs E isso só atrapalha, às vezes é melhor esperar, ter calma, ter pensamentos bons de que "no fim, tudo se ajeita", e quem disse que dá? É maior que a gente. Nos faz sentir inúteis, incapacitados de fazer algo sem que dependa simplesmente do Tempo. Pois é, eu sei que vai parecer irônico dizer isso mas, tenha paciência, um dia piora melhora. ;)

Beijos, e até amanhã!! 

* Ahh, e dêem um pulo no outro blog que participo: segurasepuder.blogspot.com, vocês vão gostar. 

5 de mai de 2010

Food


Hoje acordei indisposta, não sei o que há, ando dormindo muito e sempre continuo sonolenta, devo estar com algum problema. =O rs, 
Me aconteceu um fato hoje no almoço que estou com o estomago embrulhado até agora, prefiro não contar detalhes para não lhes dar náuseas também, (urgh! eca!), enfim, foi um fato tenebroso na minha refeição que só God. 
Acho que os restaurantes deveriam se preocupar mais com a higiene na hora de manusear alimentos, e principalmente se preocupar com a saúde de seus fregueses. Fiquei p. e ainda passei mal. ODEIO!
E o pior de tudo nem é o fato, o caso é que fiquei tão sem ação, quase vomitei na mesma hora, e não fui reclamar, ou fazer barraco. ò.ó (muito burra) Humpf! Nem acredito, depois que passou minha falta de reação já era tarde. ¬¬
Só agora que meu estomago está mais calmo, mas enfim, vou parar de falar de coisas desagradáveis.

Ahh, eu disse que ia comentar do livro "A ira dos Anjos" do Sidney Sheldon, é dahora vio, mas o fim não é tão legal. Em compensação acabei de ler "Se houver amanhã", dele também, arraso! amei o livro de ponta a ponta, e o fim é show. Comecei hoje a ler "O reverso da medalha", do Sidney também, rs (é que estou relendo minha coleção de Sidney Sheldon), ainda não posso comentar desse, então mais pra frente eu falo alguma coisa sobre. 
Está chegando a hora de ir embora finalmente. Lá se vão 3 horas de condução. =/ 

Fato inédito: eu atendi uma ligação agora (Kuehne+Nagel, Kátia, Boa tarde), enfim, aí a cidadã do outro lado da linha:

- De onde fala?
eu: Kuehne+Nagel
- É o que ai?
eu: Uma empresa de Logística.
- Ahhh, é uma loja?! 
eu: NÃO! É uma empresa de LO-GIS-TI-CA. 
- Ah, tá bom então, obrigada. 

Oõ.. Tudo a ver logistica com loja?! hahahhahahahah, pelamordedeus! rimuito. =)


Então é isso, flores! Fiquem com Deus. Beijinhos e até amanhã!! s2

4 de mai de 2010

Amor e Sexo

Rita Lee

Amor é um livro
Sexo é esporte
Sexo é escolha
Amor é sorte...
Amor é pensamento
Teorema
Amor é novela
Sexo é cinema..
Sexo é imaginação
Fantasia
Amor é prosa
Sexo é poesia...
O amor nos torna
Patéticos
Sexo é uma selva
De epiléticos...
Amor é cristão
Sexo é pagão
Amor é latifúndio
Sexo é invasão
Amor é divino
Sexo é animal
Amor é bossa nova
Sexo é carnaval
Oh! Oh! Uh!
Amor é para sempre
Sexo também
Sexo é do bom
Amor é do bem...
Amor sem sexo
É amizade
Sexo sem amor
É vontade...
Amor é um
Sexo é dois
Sexo antes
Amor depois...
Sexo vem dos outros
E vai embora
Amor vem de nós
E demora...
Amor é cristão
Sexo é pagão
Amor é latifúndio
Sexo é invasão
Amor é divino
Sexo é animal
Amor é bossa nova
Sexo é carnaval
Oh! Oh! Oh!
Amor é isso
Sexo é aquilo
E coisa e tal!
E tal e coisa!
Uh! Uh! Uh!
Ai o amor!
Hum! O sexo!




3 de mai de 2010

Auto-estima.


Hoje vim falar um pouquinho de auto-estima. Eu costumava ser uma pessoa super segura, amava me emperequetar e ser paparicada por todos. Tinha o corpo e a popularidade que toda garota gostaria de ter, no entanto, me casei, e hoje não me sinto tão bem assim, me tornei insegura com relação à minha aparência e ao meu corpo. Já chorei bastante, briguei com meu marido por coisas banais, (que deveriam ser banais, e seriam para alguém que estivesse seguro de si), enfim, quero dizer, que não basta o que as pessoas dizem, temos que nos amar do jeito que somos. Claaaaaaro que uma dieta sempre vem a calhar, uma boa maquiagem faz a diferença, um cabelo bem cuidado, uma roupa adequada, enfim, mas o que importa de verdade é você se olhar no espelho e se amar. 
Eu não posso ser hipócrita e dizer que estou me amando, também não me odeio, ainda consigo me olhar no espelho e sentir uma esperança, mesmo que não me sinta feliz com o que vejo. Não me odeio ao ponto de apelar para o vômito ou a ausência de comida no estômago, mas estou cuidando para me aceitar mais, e sei que muitas pessoas (tanto homens quanto mulheres), já passaram, passam ou vão passar por esse momento. 

Só posso dizer pra vocês que vocês não estão sozinhos nessa, e que logo poderei dizer que me sinto bem melhor e feliz comigo mesma. 

Vou postar algumas fotos para que sempre conheçam um pouco mais de mim, ok?! 


Beijos e fiquem com Deus.













Acho que já está bom de fotos minhas por hoje. hahahahha (detalhe pra cada foto uma cor de cabelo) huahuah


Beijos!! 

* Ah, e acessem meu outro blog, que postamos eu, Dani e Jacky: segurasepuder.blogspot.com

Me'

Related Posts with Thumbnails
 
A Piece of Me. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino