26 de ago de 2010

Dor



Dor de amor, de solidão
Dor de saudade, dor de remorso
Dor de ferida, de arrependimento...
Não há qualquer coisa pior que dor
Haverá cura para dor de cotovelo?
Quem sabe cura para dor de coração partido?
Seria possível curar a dor de um coração que se perdeu?
Vão-se os antidepressivos, as caixas de chocolate
Ficam os lenços de papel, as garrafas vazias
No dia seguinte, a dor de cabeça e os olhos inchados não lhe deixam esquecer
A ferida que se abriu não se fechará tão logo
Não se pode escolher o tipo de dor
Só se pode sentir
De forma adulta ou infantil
De forma calma ou desesperada
Não se pode calcular o tamanho da dor
Pode se imaginar a intensidade
É possível imaginar o quão grande é o buraco
Será possível dizer quanto tempo há de durar essa dor?
Impossível
Só se pode sentir
Independente de intensidade, de tempo ou de que forma ela é
Ela está lá
Sem convite, sem permissão
Tirando o sono e a paz
Daquele que já não aguenta mais sua presença
Implora pela morte
Suplica por um abraço
Pede por um ombro à chorar
Deseja um colo para se aconchegar
Os dias não passam
As horas rastejam
Não é possível viver tendo tamanha angústia dentro de si
Então, ele apenas sobrevive
Para que não faça sentir o mesmo, aqueles que tanto ama.


2 Opiniões:

Eu, para mim... disse...

Às vezes as dores de hoje, passam sem que alguma coisa mude, mudamos nós mesmas e o que era dor começa a se curar...Já aconteceu comigo... Já ta sarando...

Ká Moraes disse...

Eu, para mim: Pois é, flor. Nunca dá pra saber se é a dor que vai passar, ou se é a gente que vai mudar. Que bom que a sua dor esteja passando. Beijo!

Related Posts with Thumbnails
 
A Piece of Me. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino